Conselhos para Reduzir o Colesterol

O colesterol elevado é um problema grave que afecta crescentemente os portugueses, os quais, segundo os últimos resultados divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), são um dos povos em que se tem verificado a maior subida da taxa de vítimas deste problema de saúde, pelo menos ao nível das nações do Velho Continente. A última década foi, aliás, a época de maior incremento desta enfermidade em Portugal desde 1960, ano em que se recolheram os primeiros dados relativos a este particular demográfico, agora extremamente preocupante no que aos números diz respeito.

Antes de se avançar com as formas de prevenção e soluções para inverter esta situação caso esta materialize, convém perceber melhor como funciona e como pode surgir. Assim, torna-se relevante esclarecer que o colesterol elevado decorre essencialmente da alimentação e do próprio organismo, ou seja, a sua produção (em excesso ou falta) deriva necessariamente destas duas fontes que estão incumbidas de o “fabricar” nas quantidades ideais.

Contudo, nem sempre o organismo é tratado da melhor forma, nem a alimentação segue o aconselhável, o que provoca um desregular indesejado e geralmente não atendido. É claro que as regras para a defesa do nosso corpo devem existir e ser respeitadas, embora possa haver um desvio de quando em vez. A controvérsia tem lugar quando o desvio acontece em demasia e assume contornos de desvio exagerado, algo a evitar a todo o custo, sobretudo em fases cruciais da vida, tais como a juventude e a “terceira idade”.

Dicas essenciais para baixar o colesterol

  • Os alimentos compostos por leite e derivados têm de ser reduzidos ao mínimo, mas não os corte bruscamente se está habituado a consumi-los regularmente. Procure substituí-los por ingredientes equivalentes, mas provenientes de cabra ou ovelha, detentores de um teor bastante menos gordurosos do que os produzidos a partir do leite de vaca e, consequentemente, muito menos nocivos para o aumento do colesterol;
  • Equilibre a sua dieta com mais peixe e menos carne, sobretudo de suíno, dando preferência às carnes brancas e não às vermelhas. Estas últimas são grandemente perniciosas para a saúde se consumidas em excesso, devido à sua própria constituição, pelo que é aconselhável comer menos produtos de origem suína;
  • Dê predilecção aos assados sobre os fritos e confecções que impliquem o recurso a cozeduras em óleo e gorduras saturadas. O mesmo princípio se deve aplicar a molhos e compostos como a mostarda e ketchup, cuja ingestão está proibida a quem já tenha o colesterol elevado, para os quais um substituto à base de tomate ou ervas é bem mais recomendado, pois não origina um óptimo e saudável acompanhamento como possui os ancestrais nutrientes da dieta mediterrânica que infelizmente se têm vindo a perder.

O conjunto de dicas para baixar o colesterol é imenso, mas as três supra-mencionadas são as basilares para todas as restantes. As premissas são sobretudo retiradas do essencial e “apuradas” para se concentrarem mais numa ou outra direcção, explorando determinados aspectos especificamente. No entanto, o cerne da questão é nuclear e a oscilação das sugestões encontra-se simplesmente focada na resolução de algum ponto cuja necessidade de atenção seja maior por algum motivo.

Esta entrada foi publicada em Colesterol com as tags , , . ligação permanente.

4 respostas a Conselhos para Reduzir o Colesterol

  1. Conheci seu blog atráves da galeria de blogs e achei muito interessante.

  2. Gustavo diz:

    Muito interessante o blog. Várias pessoas possuem problemas com colesterol elevado e precisam tomar cuidado com a alimentação. Outra dica é manter sempre uma rotina de exercícios físicos regulares e beber bastante água. Isso ajuda a reduzir os níveis de colesterol.

    Parabéns pelo blog informativo!
    grande abraço!

  3. Maria Manuela Mouro diz:

    tenho o colesterol alto o LDL e HDL gostaria que me informassem quais os alimentos mais adquados para combater O meu obrigada

  4. Muito interessante esse seu artigo. Parabéns é importante ser esclarecedor nesse tema do Colesterol.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *